Meu Pedacinho de ChãoO Figurino e a caracterização de ‘Meu Pedacinho de Chão’  possuem  uma estética que remete a um conto de fadas atemporal.  O figurino assinado por Thanara Schönardie caracteriza os personagens de forma lúdica, como se fossem ilustrações de um mundo mágico. Como ponto de partida para essa atemporalidade, a figurinista buscou como referência o período entre o final do século XVIII e século XIX.  Mesclando materiais e peças originais dessa época como renda e cartolas – garimpados em brechós e feiras de antiguidades em Londres -, com tecidos tecnológicos e até mesmo materiais insólitos como vinil, borracha e plástico, Thanara fez uma releitura desse período conferindo ao figurino uma modernidade.  Usa-se de tudo: desde as rendas inglesas de época até bolinhas de ping-pong, toalha de mesa de plástico e cortinas de banheiro que são costurados um a um, peça por peça, fazendo deste, um trabalho artesanal.

Dentro dessa gama de materiais, cada personagem é caraterizado de acordo com sua personalidade, mas dentro de uma unidade. “Juliana Paes, por exemplo, que interpreta Madame Maria Catarina, segundo a visão do diretor Luiz Fernando Carvalho, contém várias mulheres numa só. Ela carrega consigo a força e a intensidade do feminino. Por este motivo, ela está vestida a cada dia de um jeito diferente, com perucas de diversas cores, como se fosse uma Maria Antonieta. Para a atriz, usamos uma quantidade menor de elementos de plástico e caprichamos mais nas rendas. Ela usará bustle, com várias camadas em degradê, representando essa personalidade múltipla, já o personagem de Irandhir Santos, o Zelão, que é um homem mais bruto, o figurino será quase integralmente de plástico e com cores primárias”, revela Thanara.

A caracterização dos personagens, liderada por Rubens Liborio, também é inspirada no contemporâneo e no visual de época, que, juntos, remetem ao mundo encantado. O visual de Madame Catarina, interpretada por Juliana Paes, por exemplo, será mais exuberante, com bastante maquiagem e unhas pintadas. Seu marido, Coronel Epa (Osmar Prado), tem um visual mais austero, com costeletas e bigode estilo Dom Pedro. Ele usará também uma peruca que avoluma a lateral do cabelo. Já Antonio Fagundes, que interpreta Giácomo, tem um visual inspirado nos atores cômicos italianos dos anos 60. Seu cabelo foi cortado e tingido de preto e ele usará também um bigode.

‘Meu Pedacinho de Chão’ é escrita por Benedito Ruy Barbosa com direção de Luiz Fernando Carvalho. A novela traz atores como Antonio Fagundes, Osmar Prado, Juliana Paes e Rodrigo Lombardi e também um elenco estreante em novelas, como Cintia Dicker, Bruno Fagundes, Irandhir Santos e Johnny Massaro. Compõem o elenco ainda Bruna Linzmeyer, Flávio Bauraqui, Emiliano Queiroz, Ricardo Blat, Inês Peixoto, Paula Barbosa, Dani Ornellas e Teuda Bara, entre outros talentos.

Foto : Viramundo (Gabriel Sater).
Crédito: Globo/Divulgação

‘Meu Pedacinho de Chão’ tem estreia prevista para o mês de abril no canal internacional da Globo, em substituição à novela ‘Joia Rara’.